Vereadora Ednalva explica gastos com veículo pela Câmara de Picuí


A vereadora Ednalva Dantas (PSD) procurou o blog para rebater as acusações sofridas por um blog local de que a mesma teria usado indevidamente o veículo locado a Câmara Municipal de Picuí, Seridó paraibano, enquanto a mesma era presidente. De acordo com a parlamentar, a publicação feita de má fé teve o único propósito de tentar manchar o seu nome.

Ednalva conta que o processo licitatório do veículo foi legal com concorrência e escolha do menor preço ofertado. “O carro foi licitado, houve concorrência e o preço dele era de R$ 2,4 mil”, declarou a vereadora comparando com o veículo recém alugado pelo prefeito Olivânio Remígio (PT), no valor de R$ 2,9 mil/mês.

Com relação aos gastos com combustível, Ednalva destaca que o veículo sempre esteve à disposição dos vereadores e de todas as atividades que a Câmara precisou desenvolver. “Nenhum vereador nunca pediu o carro para andar dentro de Picuí. O carro sempre foi pedido para fazer viagens extras. As viagens comuns eram para João Pessoa, Campina Grande e, algumas vezes, também viajou para Fortaleza, Recife e Natal”.

A vereadora revela que a matéria veiculada foi feita de forma maldosa com o objetivo de intimidá-la, diante do seu trabalho como oposição à atual gestão municipal. “Pode fiscalizar as minhas contas, até porque elas são abertas, foram feitas com transparência e estão à disposição de todo mundo”.

Por fim, Ednalva compara os gastos do veículo locado a Câmara com o recém alugado pelo prefeito. “Se a gente pegar aqui o carro que o prefeito locou por R$ 2,9 mil/mês e multiplicar por quatro anos vai dar uma cifra de R$ 139,2 mil. Tenho minha consciência tranquila e continuarei trabalhando em prol do povo picuiense, fazendo as denúncias e cobranças que devam ser feitas”, concluiu. 

Postar um comentário

0 Comentários