Câmara de Cuité: legislatura renovada com regimento ultrapassado

11/10/2017


Quem acompanha as sessões da Câmara Municipal de Cuité, Curimataú paraibano, nota o quão obsoleto é o seu regimento. Apesar de uma legislatura com nomes e pensamentos novos, é regida por normas ultrapassadas.

Este ano, apesar da renovação da Casa, os parlamentares – novos e veteranos – deram um passo para trás e o que estava ruim ficou pior. Com o consentimento dos edis, a Casa de Manoel Felipe dos Santos reduziu suas sessões semanais de duas para uma.

Além da redução, outro detalhe é notado por quem visita as sessões. Os parlamentares contam com tempo curto para a defesa dos seus requerimentos e o debate político, que são feitos em um único momento.

A forma como é aprovada a ata da sessão anterior e a pauta do dia é algo entediante. Leva-se algo em torno de 1 hora para tais leituras. Cansativo para quem lê e muito mais para quem houve. O assunto repercutiu nas redes sociais esta semana, após o debate ser iniciado por este blogueiro.

Após passar 1 hora ouvindo a leitura de uma ata que parecia não ter mais fim, fiz a seguinte colocação: “A Câmara Municipal de Cuité está muito atrasada. Com o advento da tecnologia, já podia mandar essa ata da sessão anterior e a pauta do dia para os e-mails dos vereadores”. Não demorou para o debate começar.

Entre os comentários, estava o do vice-presidente da Câmara Municipal de Picuí, Seridó paraibano, vereador Wagner Henriques (PSB). De acordo com o parlamentar, “em Picuí a ata é encaminhada para todos os vereadores e apenas posta em votação, reduzindo consideravelmente o tempo da sessão e partindo para os assuntos mais relevantes”.

Em outro comentário, o ex-vereador da cidade de Pedra Lavrada, também no Seridó, Jojó Melo (PTB), relatou que na Terra do Minério a Câmara Municipal “também envia a ata anterior para o email, colocando apenas em votação. O vereador tem tempo suficiente para ler e contestar, caso não concorde com seu conteúdo”.

Como podemos observar, neste quesito a cidade de Cuité perde feio. A Câmara tem costumes ultrapassados e ainda não se adaptou a realidade e ao avanço tecnológico. Cabe ao atual ou ao próximo presidente dinamizar as sessões, tornando as mesmas mais atrativas para a população.


Ao compartilhar as matérias do Blog do Flávio cite a fonte, pois o mesmo tem redação própria. Apesar de criar seu próprio texto, quando usa informações da imprensa local as fontes também são mencionadas. Vamos juntos fazer uma mídia séria e com respeito aos profissionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License