O que você procura?

Até outubro, Picuí já recebeu R$ 1,4 milhão a mais que mesmo período de 2016

04/12/2017


Numa tentativa de vender dificuldade e esconder a falta de capacidade em tornar realidade suas promessas de campanha, o prefeito Olivânio Remígio (PT), da cidade de Picuí, Seridó paraibano, usa constantemente seus espaços no rádio para alegar queda nas receitas do município. Porém, não é o que mostra o Sagres. 

Em uma rápida busca no portal de transparência do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), comparando com o exercício de 2016, até o mês de outubro o município de Picuí já recebeu R$ 1.407.159,46 a mais este ano.

No entanto, um fato que chama a atenção e deixa clara a incapacidade da gestão do prefeito é que até o mês de outubro a Prefeitura de Picuí contava com uma disponibilidade de R$ 2.803.044,19 em conta, enquanto isso, o prefeito já acumulava uma dívida de R$ 1.687.657,21 com fornecedores, de acordo com o valor empenhado e o pago.

As informações estão disponíveis no Sagres e são abertas para consulta por qualquer cidadão. Confira abaixo os números que mostram as receitas dos exercícios de 2016 e 2017 até o mês de outubro, além das disponibilidades financeiras do município e as suas despesas.




Dados extraídos do Sagres (TCE-PB)


Ao compartilhar as matérias do Blog do Flávio cite a fonte, pois o mesmo tem redação própria. Apesar de criar seu próprio texto, quando usa informações da imprensa local as fontes também são mencionadas. Vamos juntos fazer uma mídia séria e com respeito aos profissionais.

Um comentário:

  1. Que coisa feia, passando informações mentirosas; no Sagres não tem esses números aí.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License