O que você procura?

Pastor faz oração para quebrar “maldição” da BR 104, no Curimataú

14/01/2018


Após vários acidentes, em muitos dos casos com vítimas fatais, o pastor Edcarlos, do ministério Jardim da Conquista, resolveu fazer uma oração para quebrar o que o mesmo intitula de “maldição” na BR 104, no trecho entre as cidades de Cuité e Nova Floresta, no Curimataú paraibanoA oração foi realizada na última sexta-feira (12). 

Vários acidentes já foram registrados no trecho que tem menos de 7 km. O que chama a atenção da população é que o percurso é feito praticamente em uma reta. A via é sinalizada e tem um asfalto sem falhas, o que poderia ser um causador dos acidentes.

Diante do elevado número de vidas ceifadas em acidentes no trecho, a rodovia já foi batizada de ‘rodovia da morte’. Em um dos últimos acidentes, dois motociclistas morreram no local ao colidir de frente, após uma ultrapassagem sem sucesso.

Há quem diga que no trecho acontecem coisas sobrenaturais, à exemplo de aparições que estariam causando medo em populares e até acidentes em um determinado trecho da rodovia. Segundo populares, foi preciso a oração de um padre in loco para acabar com as aparições.

Até um suposto fantasma teria sido fotografado (foto no final da matéria) em um local da BR conhecido como ‘Ladeira das Gamelas’. O flagrante viralizou nas redes sociais e foi destaque na mídia local.

O jovem que tirou a foto por acaso disse não acreditar em fantasma e que o registro foi feito apenas para mostrar a sua localização a um amigo. Contudo, o pai do jovem perdeu a vida em um acidente próximo ao local da foto.

O assunto divide opiniões e o mais certo é que não são poucas nem param de surgir histórias sobre o trecho da rodovia.


Provável flagrante do fantasma na BR 104

Ao compartilhar as matérias do Blog do Flávio cite a fonte, pois o mesmo tem redação própria. Apesar de criar seu próprio texto, quando usa informações da imprensa local as fontes também são mencionadas. Vamos juntos fazer uma mídia séria e com respeito aos profissionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License