O que você procura?

Nem todos entendem de Gestão Municipal – por Tayana Macedo

10/03/2018


Nem todos entendem de Gestão Municipal. Isto é fato!  Uns entendem de Educação, Saúde e outras áreas. Mas é difícil encontrar alguém que consiga com muito planejamento, ousadia e capacidade dominar os segmentos que compõem uma gestão municipal. Governar deve ser para todos. Respeitar os direitos e promover políticas públicas indistintamente.

Vejo alguns comentários acerca do panfleto lançado pela bancada da oposição. Aqui abro um parêntese e registro a minha admiração aos vereadores e a vereadora que a compõem, por tratar com maestria os números, os recursos... Mas, voltando a falar no panfleto e nos comentários que ele, o panfleto, tem recebido. Percebo como pessoas que julgo inteligentes, cultas, desconhecem das ciências exatas. E embora eu seja apaixonada pelas ciências sociais, não posso negar o meu fascínio pelas EXATAS. Afinal 2 + 2= 4. E o panfleto é CLARO!!!! Absurdamente CLARO!!!!!!

A LOA (Lei Orçamentária Anual – 2017 de Picuí estava orçada em R$ 52.786.000,00. E na verdade o município só conseguiu executar R$ 36.166.913,00. Menos que o ano anterior. Quando se reduziu os gastos com Saúde, isso significa que faltou remédios nos postos de saúde (isso é mérito?); Redução na Educação, pode significar que houve retrocesso na Merenda escolar (mérito?); No Social tínhamos quase 1000 crianças e adolescentes inseridas em programas sociais. E em 2017 tivemos quantos? Na verdade tivemos a lamentável volta do “Sobrou comer???” (mérito?); Obras e instalações pouco mais de R$ 500 mil. Isso significa que construção praticamente não existiu, apenas reformas, rebocos, pinturas... E isso vimos durante todo o dia de hoje as inaugurações simbólicas; Também não posso deixar de registrar o aspecto de abandono de alguns prédios públicos –Parque Ecológico;

Gestão exitosa quando enfrenta uma crise ela deve pelo menos empatar e nunca, nunca reduzir... É simples. Vamos levar isso para o nosso orçamento doméstico. Quando o recurso da sua casa aumenta e você diminui na sua feira, na farmácia, no lazer... Isso é?????? Ao contrário se o dinheiro da nossa casa aumenta a tendência é melhoramos a casa, a qualidade de vida.

E tem mais, uma gestão exitosa se prepara e se sobressai em tempos de crise. E Picuí já viu isso. Em 2009 tivemos uma grande crise. E mesmo assim o gestor da época, Buba Germano não deixou o município reduzir. Ao contrário INOVOU.

E aí, o que comemorar nos 114 anos de Picuí? A gente tem que comemorar mesmo é a força do nosso povo... Parabéns!!!

Tayana Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License