R$ 13 milhões: Vereador abre caixa-preta e mostra ‘pedaladas’ de Olivânio em 2017



Neste domingo (11), o vereador Wagner Henriques (PSB) abriu a caixa-preta e apresentou as pedaladas cometidas pelo prefeito Olivânio Remígio (PT), em 2017, ao assinar créditos suplementares na ordem de R$ 13,1 milhão, sem passar pela Câmara Municipal.

De acordo com Wagner, entre as maiores retiradas feitas pelo gestor foram da Assistência Social e Saúde, R$ 731 mil e R$ 700 mil, respectivamente. Segundo o parlamentar, os valores foram utilizados para pagamento de pessoal.

“Está tirando dinheiro da Saúde para pagamento de pessoal. Isso aqui não passou para a Câmara não, porque se passa a gente reprova no ato”, disse.

O socialista ainda destacou a retirada de R$ 100 mil da dotação orçamentária prevista para a construção e/ou reforma do matadouro público do município. Do valor, ainda conforme o parlamentar, R$ 50 mil foram para despesas do gabinete do prefeito.

As declarações do vereador foram feitas para rebater o prefeito, que acusa a bancada de oposição de atrapalhar sua gestão por não assinarem uma suplementação para pagamento do Consórcio Intermunicipal de Saúde.


“Eu desafio aqui o prefeito e qualquer um deles mostrar uma suplementação ou um Projeto de Lei do ano passado que foi reprovado. Absolutamente nenhum. Aí agora vem dizer que não tá pagando nem tem exames por causa da oposição que não aprovou a questão do Consórcio”, rebateu.

Acompanhe toda a participação do vereador Wagner Henriques a partir dos 48 minutos do programa, no vídeo abaixo.


Blog do Flávio

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem