O que você procura?

No Curimataú, aliados e adversários torcem pela saída de RC do Governo

03/04/2018



No Curimataú paraibano, quanto mais se aproxima o dia 5 de abril mais aumenta a torcida por parte de aliados e adversários do governador Ricardo Coutinho (PSB) pela sua saída do Governo da Paraíba. Nas rodas de conversa não há outro assunto. Na próxima quinta-feira (05), o socialista deverá anunciar em um evento do PSB se permanece ou deixa o comando do Estado. Se é, ou não, candidato ao Senado.

Nas duas maiores cidades da região, as opiniões se dividem, assim como a torcida, que partem de aliados e adversários. Na cidade de Cuité, parte dos aliados do governador torce declaradamente pela ascensão da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT). Segundo informações, em jogo estão novos apoios ao esposo da doutora, o deputado federal e candidato à reeleição Damião Feliciano (PDT).

Já em Picuí, aliados de Olivânio passaram a olhar com outros olhos para o ex-vice-prefeito Ademar Dantas (PSDB), aliado de Damião Feliciano na terra da carne de sol. Com a saída de Ricardo, correligionários do petista acreditam que seria Ademar o novo representante do Estado na cidade. Segundo informações, já se tem, inclusive, uma lista de substituição dos servidores do Hospital Regional.

Nas duas cidades, a torcida pela desincompatibilização do governador Ricardo Coutinho tem um ponto em comum, o confronto dos seus líderes com o deputado Buba Germano (PSB). Há quem diga que com a saída de RC e a ascensão de Lígia, aliados de Damião passariam a comandar o Estado na região e fariam confronto direto com Buba.

Majoritário em 10 dos 12 municípios do Curimataú e com o apoio de 7 deles, mesmo sendo o líder político que mais contribuiu com o crescimento político do governador na região e o que mais conquistou benefícios para os seus municípios, Buba estaria prestes a sofrer um golpe por aliados da doutora.

Mas porque tanta raiva de Buba? 

Quem não sabe escrever sua própria história e sofrer os ônus da construção, acha mais fácil puxar o tapete do adversário e triunfar em cima da sua derrota. Este tem sido o objetivo de alguns ‘aliados’ de RC na região que não aceitam a reciprocidade do socialista a Buba pelo que o mesmo tem feito desde 2010 quando sozinho o apresentou ao Curimataú como candidato a governador. E de lá pra cá só aumentou o seu leque de aliados.

Contudo, tudo isso são especulação, apenas especulações. E até que o governador anuncie a sua saída ou o seu ‘fico’ – na próxima 5ª – teremos muitas delas. Muita maldade há de ser planejada, inclusive contra aqueles que sabem que não é à fórceps que se constrói carreira política.

Blog do Flávio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License