O que você procura?

Após polêmica, população de B. de Santa Rosa se manifesta em favor da PM

15/05/2018


Uma polêmica envolvendo policiais militares da cidade de Barra de Santa Rosa, Curimataú paraibano, repercutiu em toda a Paraíba, nesta segunda-feira (14). Tudo começou com a denúncia de um advogado que acusou os policiais de torturarem presos usando um cofre como cela. O fato foi noticiado no portal de notícias da Globo.

Após a denúncia, policiais da companhia de polícia da cidade se manifestaram sobre o caso. Através de um áudio nas redes sociais, um dos oficiais desabafou e disse que a denúncia se trata de uma inverdade. “A justiça acata uma denúncia inverídica para prejudicar os policiais”, relatou o PM pedindo o apoio da população.

De acordo com a denúncia do advogado criminalista Ronaldo Jordão, os presos estariam sendo colocados em um cofre pertencente a coletoria do Estado, órgão que funcionou por muitos anos no prédio. O cofre teria sido adaptado para servir como cela.

Contudo, com a repercussão da denúncia, populares se manifestam por meio das redes sociais em favor da polícia. Frases de apoio aos policiais estão sendo compartilhadas na internet. “Apoiamos a PM de Barra de Santa Rosa”, “Eu apoio a PM de Barra de Santa Rosa”, são algumas das manifestações.

Ao G1, o delegado seccional da região que abrange Barra de Santa Rosa, Pedro Ivo Soares, explicou que muitas das vezes as delegacias de cidades menores, da Paraíba e do resto do Brasil, não têm as melhores condições e as autoridades policiais precisam encontrar alternativas para que a integridade dos presos e dos próprios policiais não seja colocada em risco.

Já o delegado de Barra de Santa Rosa, Décio de Souza Lima Filho, negou as acusações do advogado e disse que as mesmas não passam de estratégia da defesa de dois elementos acusados de praticarem homicídios naquela cidade nos últimos dias. “Não é a primeira vez que tal advogado acusa policiais de tortura para encontrar uma estratégia de defesa para seus clientes”, disse.

Em outro áudio que está sendo compartilhado nas redes sociais, um oficial diz que o Coronel Afonso Galvão – comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar – estaria entrando com uma ação contra o advogado e também contra os dois presos que denunciaram a suposta tortura pelos policiais.




Cofre onde os presos estariam sendo torturados

Blog do Flávio

2 comentários:

  1. Se eu fosse um preso,e me tracassem num cofre, eu acharia bom, eu ia treinar arrombamento

    ResponderExcluir
  2. Nao tem provas suficiente contra os jovens ai querem pegar quAlquer um e obrigar a dar depoimento falso a policia de barra sempre colocando fojado pois n conseguem prender os verdadeiros elementos ...

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License