O que você procura?

Em audiência, professores de Cuité cobram pagamento de precatórios do Fundef

17/05/2018


Os professores da rede municipal de ensino da cidade de Cuité, Curimataú paraibano, se reúnem nesta quinta-feira (17) em audiência na Câmara de Vereadores do município para esclarecer e cobrar o apoio dos parlamentares para o pagamento da indenização do antigo Fundef por parte do município.

De acordo com informações (vide ERRATA no final da matéria), em reunião dos professores com o prefeito Charles Camaraense (PPS), o mesmo não definiu data para pagamento do recurso. Mesmo com uma decisão da justiça permitindo o pagamento, o gestor teria declarado que irá consultar o Tribunal de Contas para o devido pagamento das indenizações.

Não satisfeitos com as declarações do prefeito, os professores decidiram pedir o apoio da Câmara para que os parlamentares possam cobrar o pagamento do recurso. De acordo com informações, o valor representa um montante de R$ 10 milhões, sendo que R$ 7 milhões já se encontra em conta do município. Destes, R$ 2 milhões serão destinados ao instituto de previdência municipal e em torno de R$ 1,1 milhão será pago como imposto.

O valor é uma conquista dos profissionais e é referente a uma indenização do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) após sua mudança para Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Por Lei, os precatórios do antigo Fundef devem ser divididos para o município e os profissionais, ficando 60% do valor para os professores e 40% para o município. A audiência acontece a partir das 20h na Câmara Municipal de Cuité e será aberta para a população.

ERRATA:

Na redação original da matéria, o blog cita, em seu segundo parágrafo, que as informações nele contidas teriam sido repassadas pelo sindicato. Contudo, esclarecemos que em nenhum momento a entidade foi a fonte de tais informações e que tudo não passa de um equívoco na apuração dos fatos. O sindicato, portanto, está isento de responsabilidade por  qualquer menção a ele feita nesta matéria.

Blog do Flávio
Imagem: Ilustração

::::PUBLICIDADE::::


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License