O que você procura?

Sem as parcerias de antes, Prefeitura de Picuí não mantém incentivo do EJA

28/08/2018


Diferente do que se via nas gestões dos prefeitos Buba Germano (PSB) e Acácio Dantas (DEM), os jovens do programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA), da cidade de Picuí, Seridó paraibano, estão desde o ano passado sem receber o incentivo implantado e concedido pela gestão municipal.

De acordo com informações repassadas ao blog, a justificativa do gestor aos pais é que o mesmo está esperando por uma tal licitação. A verdade, no entanto, é que a gestão perdeu o recurso quando abandonou o Parque Ecológico Fausto Germano Costa e deixou de firmar parcerias como antes era feito.

Empresas como a Energisa e instituições financeiras selavam anualmente parcerias com a prefeitura e investiam na política para a criança e o adolescente que era desenvolvida no local onde antes era um lixão e foi transformado em um espaço de lazer e aprendizado. 

Referência para outras cidades e destaque em todo o Brasil, o Parque Ecológico foi considerado como um espaço que se transformou do lixo ao luxo. A iniciativa foi elogiada e premiada em vários eventos Brasil a fora.

No dia 8 de janeiro de 2016, o presidente da Energisa Paraíba, André Theobald (foto), visitou o município e reafirmou a parceria com a gestão municipal, que há época tinha a frente o prefeito Acácio Dantas (DEM). Para o executivo, Picuí era uma cidade top da região pelo seu trabalho voltado para o desempenho dos indicadores sociais.

“Picuí está muito próximo da forma de pensar da Energisa, pela simplicidade, pelo foco nos indicadores e pelo desempenho dos próprios indicadores. Aos meus olhos, Picuí é uma das cidades top aqui da Paraíba”, concluiu.

Dois anos depois, a cidade não mantém programas e parcerias como esta que visam a melhor qualidade de vida das crianças e dos adolescentes. Indicadores sociais viraram termos do passado e as políticas públicas um projeto de governo que não saiu do papel.

Blog do Flávio

::::::::::PUBLICIDADE::::::::::

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License