Antes de Chió sonhar em ser deputado, Gilma e Buba já lutavam pela PB 151

26/07/2019


O deputado Chió nem sonhava em sentar numa cadeira da Assembleia Legislativa da Paraíba quando a deputada Gilma Germano acampou a luta pelo asfalto da estrada que liga Picuí a Nova Floresta, no Curimataú paraibano. Com uma extensão de pouco mais de 20 km, esse trecho da PB 151, que também é conhecida como ‘estrada do Sisal’, é a principal rota de escoamento da produção de frutas da região serrana.

Desde que assumiu, em 2010, Gilma fez inúmeros requerimentos e cobranças ao então governador Ricardo Coutinho cobrando o asfalto. No entanto, o ‘mago’ priorizou as estradas que tiraram Frei Martinho e Sossego do isolamento para em seguida fechar o anel do Curimataú com as estradas de Cubati a Sossego e de Picuí a Nova Floresta.

Com a eleição do deputado Buba, em 2014, o parlamentar comprou a briga e também não perdeu tempo. Tem sido constantes os requerimentos e pedidos para o início da obra, que tem importância reconhecida pelo deputado, representante legítimo da região na Casa de Epitácio Pessoa e nas articulações junto ao Governo do Estado.

Agora, com data marcada para licitação, dia 27 de agosto, um novo parlamentar aparece com afagos à obra. Comendo corda dos adversários de Buba, o deputado Chió vai à mídia agradecer a João Azevedo pela ação, numa demonstração de atuação em defesa de uma região, para onde tem enviado importantes obras, como a construção de um quebra-molas.

Atuação, inclusive, que não tem sido vista com tanta ênfase na região polarizada por Remígio, cidade que o elegeu prefeito e depois traiu a confiança da mesma ao abandonar o cargo para se aventurar em um mandato de deputado, onde a maior produção até hoje foi tentar aproximar o prefeito de Picuí, Olivânio, para tirar proveito do governo que, se dependesse dele, não teria passado nem perto do Palácio da Redenção.

Contudo, o asfalto da estrada que liga as duas cidades vai sair do papel e tem pai e mãe, embora que marinheiros de primeira viagem tentem tirar proveito de uma luta acampada há anos por bons combatentes. Guerreiros já reconhecidos pelo povo. Todo mérito seja dado a Gilma e Buba, e não adianta Chiar!

Um comentário:

  1. Enquanto prefeito, isto é fato, Chió aumentou exorbitantemente os gastos da PMR com marketing para fazer seu governo da "maquiagem" como ficou conhecido e falado pelos remigenses. O mesmo estamos vendo ele fazer como Dep. Estadual, agora com mais refino e direcionado às mídias sociais. O povo tem demonstrado cansaço com esse tipo de politicagem, da enganação. E prometem escolher a partir de agora novos representantes que não sejam somente honestos, mas que também aparentem ser honestos!

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License