Bicampeã brasileira de jiu-jitsu tem medalhas furtadas na PB

25/09/2019


A professora e atleta de jiu-jitsu, Denise Macedo, a Zizi, viu todo o esforço empenhado no campeonato brasileiro em São Paulo, no último final de semana, ser levado em questão de minutos. No início da tarde desta terça-feira (24), uma pessoa desconhecida entrou na academia onde Zizi treinava e levou seis medalhas, sendo cinco de ouro e uma de prata, da mochila da atleta.

Em entrevista ao programa Tribuna Livre, da TV Arapuan, na manhã desta quarta-feira (25), a professora fez um apelo e explicou que as medalhas são apenas uma representação do ouro, mas que não tem valor real.

A professora explicou que pratica jiu-jitsu há dez anos e que há três está faixa preta. Atualmente Zizi é a primeira do ranking mundial de jiu-jitsu e bi-campeã brasileira de jiu-jitsu sem kimono.

Zizi contou que quando terminou o treino foi até a mochila e só então sentiu falta das medalhas, então quando buscou nas câmeras de segurança e notou que por volta das 13h um homem desconhecido chega de bicicleta e entra no local.

“[As medalhas] não têm nenhuma serventia, elas são mais de valor emocional, não são de ouro de verdade, representam o ouro a nossa conquista”, disse.

Flávio Fernandes/Marília Domingues
Paraíba.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License