Buba lamenta morte do “amigo-irmão” Zé Crisólogo

16/11/2019


O deputado estadual Buba Germano (PSB) usou as redes sociais, no início da tarde deste sábado (16), para lamentar a morte do artista plástico, músico e cenógrafo José Crisólogo, a quem chamou de “amigo-irmão”. Crisólogo morreu neste sábado após ser acometido por um câncer.

“A arte da Paraíba amanheceu mais pobre com a perda do amigo-irmão José Crisólogo, artista plástico e filho ilustre de Picuí. Vivenciamos bons momentos juntos, sonhos, realizações e amizade sincera. Que Deus conforte a família”, escreveu o parlamentar.

Buba foi um grande admirador das obras de Zé Crisólogo. Como prefeito de Picuí, Seridó paraibano, terra natal do artista, incentivou a propagação da sua arte por toda a cidade, como as praças do boi e do minerador. No Parque Ecológico Fausto Germano Costa, Zé recriou animais da caatinga com tanto realismo que surpreendia os visitantes.

Ele também foi o responsável pela construção da estátua do homenageado que deu nome ao parque, assim como a grande estátua do Dr. Felipe Tiago Gomes, fundador da CNEC, instalada bem no centro da cidade.

Amigos, conterrâneos e artistas de todo o estado também usaram as redes sociais para prestar homenagens a um dos filhos ilustres da terra da carne de sol.

“Morreu José Crisólogo, músico, artista plástico e um ser humano generoso e solidário que só plantou o amor e a caridade. Um irmão que se foi deixando imensa saudade”, escreveu o jornalista Abelardo Jurema Filho. 

“Perda muito grande no cenário artístico cultural paraibano. O admirável José Crisólogo deixa hoje, em especial, os picuienses enlutados. Sua obra marcou de maneira relevante o patrimônio cultural da cidade”, escreveu a ex-deputada Gilma Germano.

“Deixará uma enorme lacuna!”, lamentou o radialista Célio Alves.

Zé Crisólogo residia em João Pessoa desde 1964. Ele morreu aos 69 anos e deixa um enorme legado de arte, cultura e amor em sua terra natal e pelo Brasil à fora.

Zé (à direita) na construção da Praça do Boi - Imagem: Karkon Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License