Pensamento:

PENSAMENTO
------------------------------------------
“Caia sete vezes; levante-se oito.”
(Provérbio Japonês)
------------------------------------------

Vítima de acidente no Curimataú morreu no 1º encontro com namorado

24/11/2020

 
Através de uma publicação no Portal Picuí Hoje, familiares de Islaynne Rodrigues de Sales, 18, esclarecem como aconteceu o acidente de trânsito que vitimou fatalmente a jovem na noite da última quinta-feira (19) na BR 104, próximo ao trevo de Cuité, Curimataú paraibano. Islaynne fazia o primeiro passeio com o namorado que ela conheceu através das redes sociais.
 
Natural de Santa Luzia, no Sertão paraibano, a jovem estava residindo recentemente na cidade de Picuí, Seridó paraibano, onde familiares atuam no ramo de confecções. Ela morreu após o veículo em que estava capotar e pegar fogo às margens da rodovia, quando seguia no sentido Picuí-Barra de Santa Rosa. Islaynne não usava cinto de segurança e foi arremessada para fora do automóvel. Já o motorista, sofreu apenas escoriações.
 
Acácio Costa de Lima, 31, é natural de Natal (RN) e conheceu a jovem através de um aplicativo de encontros, onde ele se identificava como Álvaro Salomão. As conversas migraram para o Instagram e, após 8 dias, um encontro foi marcado entre os dois para se conhecerem pessoalmente em Picuí.
 
Antes de chegar ao encontro, Acácio enviou um vídeo para Islaynne perguntando se ela estaria pronta “para bancar Velozes e Furiosos”, um filme de ação que retrata corridas de ruas ilegais na cidade de Nova Iorque, dando a entender que eles iriam andar em alta velocidade.
 
Antes de sair para o “passeio”, o casal foi visto em um bar da cidade de Picuí. A família não aceita o que aconteceu e busca justiça para a morte de Islaynne, e deixa um alerta para os jovens que se aventuram nas redes sociais confiando suas vidas nas mãos de desconhecidos.




Com Portal Picuí Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018. Blog do Flávio Fernandes.
Creative Commons License