Mulher que deixava filhas serem estupradas vai para presídio

De acordo com a delegada Paula Monalisa, da Delegacia da Mulher de Santa Rita, a mulher presa nesta segunda-feira (26) suspeita de permitir abusos sexuais contra as próprias filhas menores de idade foi encaminhada para o presídio feminino de João Pessoa na tarde desta terça-feira (27).
 
Já o marido, que também foi preso, permanece no Centro de Detenção Provisória em Parnamirim, Rio Grande do Norte. Ele foi preso na cidade de Goianinha e, até que seu advogado peça seu recambiamento para a Paraíba, permanecerá preso no estado potiguar.
 
Relembre o caso:
 
De acordo com a Polícia Civil, os abusos eram praticados pelo pai de duas das quatro crianças. Além dos abusos sexuais, também aconteciam agressões físicas. Duas crianças são filhas dele e as outras duas são enteadas. As quatro crianças vítimas do abuso têm entre quatro e dez anos.
 
A polícia tomou conhecimento do caso depois que uma das crianças, no réveillon, contou a uma tia sobre os abusos e falou que a mãe sabia do que acontecida. De acordo com a denúncia, a mãe ameaçava as crianças caso elas contassem para alguém sobre a violência.
 
As crianças estão recebendo apoio psicológico em um abrigo do Centro de Referência Especializado de Assistência Social da Paraíba, supervisionado pela Vara da Infância e da Juventude e pelo Conselho Tutelar.

Confira reportagem da TV Tambaú sobre o caso:


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem